CoolSculpting

Coolsculpting basicamente significa escultura (do corpo) pelo frio. É um método muito interessante descoberto há poucos anos por dois cientistas da Universidade de Harvard, que observaram que o frio é capaz de modificar o volume do tecido gordo.

 

A gordura reage ao frio de modo particular, reação muito diferente da exibida por outros tecidos como músculos, ossos, nervos e vasos. Se colocarmos no nosso frigorífico um copo com água e outro com manteiga líquida, ao fim de umas horas o copo de água continua a mostrar um produto líquido ainda que frio.  Pelo contrário, o da manteiga apresenta uma substância fria em estado sólido. A reação da gordura ao frio é, pois, diferente.

 

Criolipólise é o método de destruição de tecido gordo através da aplicação de frio. A criolipólise é um método não cirúrgico, não invasivo, confortável e seguro de redução da camada adiposa do corpo, através da aplicação de frio. A criolipólise não é um método de perda de peso, mas sim de diminuição de volume. Por outras palavras, o resultado clínico da utilização do método de criolipólise não se avalia em perda de quilogramas, mas sim perda de centímetros.

 

Na maior parte dos tratamentos por criolipólise, os tecidos são absorvidos por um dispositivo especial em forma de copo ovalado aplicado contra esses mesmos tecidos, com paredes que possibilitam o arrefecimento programado dos tecidos aspirados para o seu interior.

A duração do tratamento varia conforme a área a ser tratada, mas na maior parte dos casos, situa-se entre 35 e 70 minutos. Este tempo relaciona-se com a área tratada.

 

Praticamente sempre, e no sentido de se obter simetria, os tratamentos são feitos em duas áreas, por exemplo tratam-se praticamente sempre os dois flancos e não um só, os dois braços ou as duas pernas. Isto quer dizer que no final a duração do tratamento não é 35 ou 70 minutos, mas sim o dobro ou mais, de acordo com as áreas tratadas.

 

Os copos de aspiração têm vindo a sofrer modificações muito positivas no sentido de diminuírem o volume de tecido aspirado e melhorarem a refrigeração. Quanto maior for o volume aspirado para o copo, maior é a possibilidade de surgir complicação cutânea.

 

A máquina de Coolsculpting, do laboratório Allergan (Califórnia, USA), é a única no mundo aprovada pela Food and Drug Administration (FDA), por razões estritamente ligadas à segurança na diminuição da temperatura até valores muito baixos. A percentagem de complicações cutâneas causadas pela máquina Coolsculpting do laboratório Allergan é de 0,027% enquanto que todas as outras máquinas causam problemas com muito maior frequência.

 

Até este momento, há registo de cerca de seis milhões de tratamentos por Coolsculpting executados no mundo.

 

Docwings, Lda.